Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

rrrrrrrrrrrrr
No comando: Portugal & Musica

Das as

pf
No comando: 60 Minutos

Das as

made-in
No comando: Leonel Barros

Das 19:00 as 21:00

nova-manha
No comando: Manhas da Ritmos

Das 09:00 as 12:00

cantinhoportugues-20
No comando: José Firmino

Das 10:00 as 12:00

paulofreitas
No comando: Hora do Almoço

Das 13:00 as 14:00

firmino
No comando: Portugal a Cantar

Das 14:00 as 17:00

cantinhoportugues-14
No comando: Alberto Sobral

Das 17:00 as 19:00

anabela-site1
No comando: Coração Português

Das 17:00 as 19:00

paulofreitas
No comando: Caixa de Musica

Das 18:00 as 20:00

13612387_1099656436809274_5495194951100970970_n
No comando: Anabela Silva

Das 19:00 as 20:00

paulofreitas
No comando: Radar Luso

Das 19:00 as 21:00

cesar00
No comando: Ritmos Dançantes

Das 19:00 as 21:00

cantinhoportugues-1
No comando: Joaquim Parente

Das 20:00 as 22:00

carvalho1
No comando: Ritmos da Noite

Das 20:00 as 22:00

noite-de-fados
No comando: Praça do Fado

Das 20:00 as 22:00

paulo1
No comando: Paulo Pereira

Das 21:00 as 24:00

Fáfá de belém

Compartilhe:
fafa
Começa em: 26/10/2017 Termina em: 26/10/2017

“Voltar ao Coliseu trazendo a sonoridade de minha terra, minha Amazônia com seus sotaques caribenhos, dançantes e sensuais é uma grande alegria! Há 30 anos cheguei aqui e sinto-me em casa, acarinhada e abraçada por este povo e este país! E é com esta sonoridade e esta região Amazônica nas cores e
no ritmo que chego para comemorar 30 anos de carreira em Portugal!!!
O espetáculo traz os meus grandes sucessos, canções de meu novo cd ( premiadíssimo) e algumas surpresas. Nas guitarras, o som das guitarradas do Pará com o mestre Manoel Cordeiro e o maravilhoso Felipe Cordeiro, seu filho. Participam ainda Ruca, o maravilhoso percussionista angolano, e o refinado sax de Raul Mascarenhas. Preparem-se : Lisboa e Porto vão sacudir ao som desta sonoridade amazônico/caribenha! Vuuuumbora!!!”

Hora que começa: 22:00 Hora que termina: 24:00

Localização: Coliseu do Porto

Deixe seu comentário: