Após "vazamento" de fotografias íntimas, Margarida Corceiro quebra o silêncio: "Desta vez não deu para rir"
Redes Sociais

Entretenimento

Após “vazamento” de fotografias íntimas, Margarida Corceiro quebra o silêncio: “Desta vez não deu para rir”

Pela primeira vez, Margarida Corceiro quebrou o silêncio para falar do ataque na Internet de que foi alvo.

Avatar photo

Publicado há

em

Margarida Corceiro está envolvida em mais um polémica após ver fotografias suas íntimas serem partilhadas nas redes sociais. A atriz da TVI quebrou o silêncio pela primeira vez esta quarta-feira, dia 23 de março.

Ao início desta semana, Margarida Corceiro foi vítima de um golpe na Internet. A atriz viu fotografias íntimas suas serem partilhadas nas redes sociais, sobretudo, no Twitter.

Algumas horas depois, foi conhecido o autor do “vazamento” e várias figuras públicas, nomeadamente, Joana Albuquerque e Bárbara Bandeira, partilharam o que sentem sobre o assunto.

Até então, Margarida Corceiro tinha-se mantido em silêncio. Esta quarta-feira, dia 23 de março, a atriz recorreu à conta pessoal do Instagram para partilhar um comunicado sobre o assunto delicado:

“Voltar aqui, depois de tudo o que se tem dito sobre mim e sobre a minha imagem, não é fácil. Mas cá estou. As redes sociais têm o bom da partilha positiva e a fragilidade da partilha negativa. Que sirva de ponto final para outros casos e que vos ajude a perceber a gravidade da situação“, começa por escrever.

Ainda na publicação, a atriz pede aos internautas que se coloquem na sua posição para verem o quão difícil está a ser este momento:

Quero que imaginem. Quero que calcem os meus sapatos – meus e de todas as pessoas a quem isto já aconteceu. Imaginem estar tranquilos na vossa casa ou no vosso trabalho e encontrarem uma imagem, que dizem ser vossa, a circular pela Internet. Milhões de comentários especulativos, milhares de mensagens, telefonemas sem parar e, o mais difícil, verem todos os vossos amigos e família a ter de lidar com tudo o que vai saindo sobre vocês. Sem poderem fazer nada“, pode ler-se.

Margarida Corceiro ainda destaca a sensação de ver a sua imagem ser denegrida nos meios de comunicação social: “Imaginem sair à rua e terem a sensação de que estão todos a olhar para vocês. Imaginem vir nas capas dos jornais, das revistas. Aparecer como destaque de sites, ser tendência numa rede social, por motivos completamente alheios à vossa vontade. O meu telefone parou e eu parei com ele. Mesmo estando habituada a ter o meu nome ‘a concurso’ e dezenas de mentiras diárias a circular sobre mim – que algumas até me fazem rir muito – desta vez não deu para rir“.

A atriz da TVI agradece ainda o apoio que tem recebido dos familiares e amigos mais próximos: “E sabem porquê? Porque eu tenho a sorte de ter uma estrutura familiar coesa, amigos presentes e profissionais que me acompanham e ajudam a lidar com a situação. Mas há centenas de pessoas que não têm. Garanto-vos que não me ri com as mensagens que recebi de pessoas com histórias semelhantes e que, por isso, só queriam desaparecer e pôr termo à vida. não me ri com histórias de pessoas que acabaram mesmo por fazê-lo por verem a sua intimidade completamente violada e repartilhada, vezes e vezes sem conta. Recordo, tudo porque alguém decidiu fazer uma partilha”.

No seguimento deste assunto, a artista ainda questiona: “Somos assim tão pequeninos para precisarmos de devassa, partilha, escrutínio e julgamento? Somos assim tão fracos para não conseguirmos acabar com o ‘olha aqui o que me enviaram’? Garanto-vos que deste lado fiquei muito surpreendida, pela negativa, por saber que dar corpo a um monstro está nas nossas mãos e que, muitos, escolhem alimentá-lo e continuar a corrente sem nunca pensar no impacto que pode estar a ter na vida de alguém“.

Que esta minha partilha ajude a refletir sobre este tema e que permita que as centenas de pessoas a quem isto já aconteceu, sobretudo mulheres, possam ser percebidas e não julgadas. E, lembrem-se, agora foi comigo, amanhã pode ser convosco ou com alguém que vos é muito próximo. Termino a agradecer-vos todo o apoio que me foi chegando nestes dias direta ou indiretamente. Tenho muita sorte em estar tão bem acompanhada, senti todo o vosso apoio e li cada uma das vossas mensagens. Muito obrigada!“, termina.

Deixa aqui o teu comentário

Entretenimento

Revelados novos detalhes do afastamento de Fanny Rodrigues da TVI: “Houve uma discussão de bastidores…”

A permanência da ‘belle portugaise’ na estação de Queluz de Baixo continua a dar que falar. Há quem aponte que esta “não é bem tratada na TVI”.

Avatar photo

Publicado há

em

O afastamento de Fanny Rodrigues da TVI está cada vez mais visível e muito se tem falado sobre o assunto nas redes sociais e na imprensa, como aqui já contamos.

Recentemente, a ‘belle portugaise’ partilhou um desabafo sobre a sua carreira profissional na televisão: “Neste meu percurso, muitas foram as pessoas que me foram perguntando: “Porquê que não te mudas para Lisboa?!” Ou então : “Passas a vida na estrada a fazer piscinas.” Ou então os meus pais que me dizem: “qualquer dia é um 31”!!! E sabem porquê?! Porquê que não me mudo?! Porque (ainda) não me iludi. Um dia, posso ficar sem tapete. Mas não fico sem o chão”, confessou na conta pessoal do Instagram.

Este assunto foi tema de conversa na emissão desta segunda-feira, dia 26 de fevereiro, do programa “Manhã CM”, da CMTV, e a comentadora Filipa Castro saiu em defesa de Fanny Rodrigues: “Eu não acho que ela esteja por um fio, mas sinto que há algum tempo ela não é bem tratada na TVI, e acredito que ela esteja magoada”, afirmou.

Foi neste momento que Leo Caeiro acabou por fazer novas revelações. De acordo com o comentador, João Patrício é que deixou Fanny Rodrigues no programa “Somos Portugal” na altura em que Zé Lopes e Ana Arrebentinha saíram do formato.

Leo Caiero revelou ainda: “Entretanto, sei que houve uma discussão de bastidores entre o João Patrício e a Fanny, acerca da posição da Fanny em relação ao Somos Portugal, que não estava muito contente, de valores de de outras coisas. A Fanny é que discutiu com o João Patrício…”, explicou.

O comentador apontou ainda: “Entretanto sei também que a TVI quer voltar a dar a produção do programa à Coral, que era a empresa que fazia a produção e quando a Cristina Ferreira entrou deixou de ser. O que vai acontecer é que José Eduardo Moniz está em negociações para que a Coral volte a ser a produtora do programa e aí é que que pode haver as mexidas e que a Fanny possa ser afastada do programa. Não a vão tirar já, vai ser gradualmente”, terminou.

Deixa aqui o teu comentário
Continuar a ler

Entretenimento

Aos 47 anos, Iva Domingues assume-se como sapiossexual: “Se eu não tiver esse estímulo…”

A apresentadora da TVI ainda revelou que usa uma aplicação de encontros exclusiva para famosos…

Avatar photo

Publicado há

em

Iva Domingues marcou presença no programa “As Três da Manhã”, da Rádio Renascença, e respondeu a diversas questões sobre a carreira profissional, mas também acerca da vida pessoal na rubrica ‘Desculpa, mas vais ter de perguntar’.

A apresentadora, que recentemente confessou usar uma aplicação de encontros exclusiva para famosos e se assumiu como sapiossexual (atração romântica e sexual pela inteligência), foi ‘confrontada’ por Joana Marques e Inês Lopes Gonçalves:

“Dizes que és sapiossexual, ou seja, isto quer dizer que te apaixonas por pessoas muito inteligentes e cultas, é isso que te atrai, no fundo. Isso quer dizer que aquilo que te atraiu no Ângelo Rodrigues não foi o seu six pack, mas sim a sua ‘biblioteck’?”, brincaram.

Iva Domingues então reagiu: “Também. Falando muito a sério… o Ângelo tem uma cabeça muito especial. Vocês já o tiveram cá, já tiveram oportunidade de o conhecer. Por acaso, é um rapaz bonito, mas a beleza comigo não dura muito tempo, sendo honesta. E, se for só isso, enjoa. Ao fim de 10 minutos, esgota-se. A beleza não se põe à mesa”, começou por esclarecer.

“E, de facto, se não tenho um estímulo intelectual, pelo menos, para mim… se eu não tiver esse estímulo, esse desafio e, pelo menos, a sensação de que estamos ao mesmo nível, ou a outra pessoa está até acima, porque eu tenho de admirar… para mim, torna-se chato”, acrescentou.

Deixa aqui o teu comentário
Continuar a ler

Entretenimento

Em palco, Luciana Abreu canta a paródia com nome da filha mais velha e fãs reagem: “Que grande fairplay…”

Em 2012, Vasco Palmeirim criou a música “O Nome da Criança”, uma paródia perante o nome ‘fora do normal’ da filha mais velha de Luciana Abreu.

Avatar photo

Publicado há

em

Este sábado, dia 24 de fevereiro, Luciana Abreu foi uma das artistas a subir ao palco para comemorar o 45º aniversário da Rádio Comercial. A cantora acabou por recordar um dos momentos mais felizes da sua vida: o nascimento da filha mais velha, Lyonce Viktórya, e, ainda, cantou a paródia criada por Vasco Palmeirim, em 2012, com o nome da menina.

O momento foi partilhado por Luciana Abreu na conta pessoal do Instagram e a artista ainda ‘brincou’: “Uma noite inesquecível ♥️ “Quem ri de si mesmo nunca fica sem coisas para rir. “ EPICTETO. Obrigada 🙏🏼😘”, pode ler-se.

O momento rendeu muitos elogios à cantora: “Muito bom, que grande fairplay 👏❤”, ou “Icónico!! Lembro me tão bem do sucesso que foi essa música na altura. parabéns pelo fairplay, não é para qualquer um 👏👏”, ou  “Que maravilha 👏”, são alguns dos exemplos.

Ora veja:

Deixa aqui o teu comentário
Continuar a ler
Publicidade
Publicidade

Tendências