Quantcast
Tory Burch: a marca norte americana que “roubou” inspiração poveira
Segue-nos

Noticías

Tory Burch: a marca norte americana que “roubou” inspiração poveira

A marca norte americana Tory Burch foi processada depois de ter copiado uma criação portuguesa. Em causa está uma camisola de origem poveira, a qual a designer Tory Burch ter alegado ser uma inspiração mexicana e ter fingido ser uma criação sua.

Publicado há

em

Uma onda de indignação caiu sobre a marca norte americana e os comentários nas redes sociais não tardaram a chegar.

A estilista vendeu uma camisola dos pescadores da Póvoa de Varzim por 695€. Apesar dos elementos ligados ao mar, a designer fez referência a uma baja mexicana.

No final do dia da passada quinta-feira, a estilista reagiu pela primeira vez ao sucedido pedindo desculpa, mudando assim a referência do produto dando crédito à origem oficial da sua inspiração.

Contudo, os portugueses não perdoaram o sucedido, assim também criticando a embaixadora portuguesa, Filipa de Abreu, a consultora de 54 anos.

Filia de Abreu

Comentários como, “Devia ter vergonha na cara. A Camisola Poveira pertence à bela cidade da Póvoa de Varzim! É uma parte importante da sua história e cultura. Tente ser original e pare com isto”, foram dirigidos à própria.

Enquanto embaixadora da marca, a própria fez uma publicação no seu Instagram com a descrição “Enquanto embaixadora da marca Tory Burch foi com surpresa que acordei com uma tempestade de notícias sobre uma polémica referente a uma camisola da coleção 20/21 da Tory Burch (…) Desconhecia o tema e a peça em questão pois eu NÃO trabalho na equipe de design nos Estados Unidos.” Pode ler o seu comunicado na sua conta pessoal.

Porém, os comentários continuam a cair sobre a embaixadora: “Ok, não trabalha na equipe de design. Mas enquanto “portuguesa”, é no mínimo estranho que desconheça as peças bordalo, as camisolas poveiras, e tantos outros elementos património nosso, comercializados pela marca Americana da qual é embaixadora”, afirmou um dos seguidores. A par dos comentários dos seguidores descontentes há quem tente entender a situação, comentando: “Como português obrigado pelo seu trabalho e o seu esforço em resolver esta situação e continue a defender o que é nosso porque o faz muito bem!

Para além da enorme onda de críticas que caíram sobre a camisola, muitos dos seguidores também fizeram referência há loiça que a marca vende, afirmando ser inspirado na loiça portuguesa, mostrando que já não é a primeira vez que a designer se apropria da  nossa cultura de forma irresponsável.

Loiça estilo Bordallo Pinheiro

Já a marca da criação poveira imitiu um comunicado na página do Facebook em que se pode ler “Imagine que os Tapetes de Arraiolos, os Tapetes de Beiriz, os Bordados da Madeira, os Bordados de Castelo Branco, o Bordado de Guimarães, o Lenço dos Namorados, a Louça de Alcobaça, o Barro Preto de Bisalhães, os Caretos de Podence, as Máscaras Ibéricas, os Chocalhos do Alentejo, o Galo de Barcelos, a Louça das Caldas, os Bonecos de Estremoz, a Filigrana de Gondomar, o Coração de Viana, os Azulejos da Viúva de Lamego ou até mesmo o Fado fossem usurpados por multinacionais multimilionárias e só por isso, pelo enormíssimo poder económico, passassem a deter o domínio destas marcas fundamentais do nosso artesanato nacional. Que teríamos para chamar de” nosso”? Que seria da nossa cultura? Como contaríamos a nossa história?

Tory Burch altera referência da camisola Poveira

Deixa aqui o teu comentário

Famosos

Familiares de Rogério Samora confessam: “A situação do Rogério não está fácil”

Apesar de manterem a esperança na recuperação de Rogério Samora, os familiares confessam que a situação não é fácil.

Publicado há

em

Rogério Samora sofreu uma paragem cardiorrespiratória a 20 de julho e, desde então, encontra-se nos cuidados intensivos cardíacos do Hospital Amadora Sintra a lutar pela vida. Os familiares não perdem a esperança apesar da situação clínica não ser a melhor.

65 dias se passaram desde que Rogério Samora sofreu uma paragem cardiorrespiratória enquanto gravava para a novela “Amor, Amor”, da SIC. O ator continua com o prognóstico muito reservado, mas estável.

Os familiares de Rogério Samora não perdem a esperança e quem vai atualizando o estado clínico do ator é o primo, Carlos Samora, através das redes sociais. Na última publicação, o familiar faz um desabafo sobre o 65º dia de internamento:

Dia 65. Mais um dia que vai chegar ao fim e as notícias são as mesmas, a situação do Rogério não está fácil, mas enquanto nos disserem que está com prognóstico reservado nós acreditamos com todas as nossas forças que Ele vai voltar, um dia de cada vez com Fé e Esperança”, pode ler-se na legenda da publicação.

Deixa aqui o teu comentário
Continuar a Ler

Famosos

60 dias a lutar pela vida! Familiares de Rogério Samora mantêm esperança na sua recuperação

O primo de Rogério Samora voltou a recorrer às redes sociais para desabafar sobre o estado clínico do ator.

Publicado há

em

Rogério Samora continua internado nos cuidados intensivos cardíacos do Hospital Amadora Sintra depois de ter sofrido uma paragem cardiorrespiratória enquanto gravava para a novela “Amor, Amor”, da SIC. Desde então, as notícias não são as melhores, mas os familiares não perdem a esperança na sua recuperação.

Já se passaram 60 dias desde que Rogério Samora deu entrada no Hospital Amadora Sintra após sofrer uma paragem cardiorrespiratória. Desde então, o ator continua a lutar pela vida nos cuidados intensivos cardíacos e, apesar de continuar com prognóstico muito reservado, a esperança na sua recuperação é mantida pelos familiares.

Quem tem recorrido às redes sociais para desabafar sobre o quadro clínico do ator é o primo, Carlos Samora. A publicação mais recente assinala os 60 dias de internamento com fotografias antigas do ator com Pelé e do seu patudo:

“Dia 60. Um dia de cada vez, porque as notícias que chegam do HFF não trazem nada de novo no que diz respeito ao estado de saúde do Rogério. Apesar de os dias passarem tão depressa, por aqui continuamos a acreditar na vontade Dele voltar até nós. O Rogério merece. Como diz o Sr. Barack Obama ” RESPEITA OS QUE MERECEM “, pode ler-se na legenda do post.

Deixa aqui o teu comentário
Continuar a Ler

Entretenimento

Pai de Margarida Corceiro é acusado de agressão

O pai da atriz da TVI está a ser acusado de agredir uma vizinha de 57 anos.

Publicado há

em

Paulo Russo Corceiro, pai de Margarida Corceiro, está a ser acusado de agressão por uma vizinha, Ana Maria Dionísio. O médico já negou todas as acusações de que está a ser alvo.

O Jornal de Notícia revelou este sábado, dia 18 de setembro, que o médico Paulo Russo Corceiro, terá alegadamente pontapeado nos rins uma vizinha que lhe foi bater à porta para falar com este.

Ana Maria Dionísio é a queixosa que revelou o motivo de ter ido falar com o médico: “Desde o inicio da pandemia que ele me ofende e ameaça de morte, por lhe pedir para fazer menos barulho em casa dele, e naquele dia subi ao primeiro andar para tentar resolver o conflito a bem”.

Foi neste momento que o pai de Margarida Corceiro alegadamente lhe terá agredido: “Ele encarou-me, ameaçou-me e, quando virei as costas para ir embora, desferiu-me um pontapé nos rins”, revela a mulher de 57 anos.

A mulher acabou por ser assistida pelo Hospital devido às dores fortes e continua em observação: “Ele é urologista, sabia muito bem onde me atingir, para me fazer sofrer, e fê-lo”.

Deixa aqui o teu comentário
Continuar a Ler
Publicidade
Publicidade

Tendências