Quantcast
Vem aí a depressão Filomena. Vai trazer chuva e neve
Segue-nos

País

Vem aí a depressão Filomena. Vai trazer chuva e neve

Prevê-se também ocorrência de períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes forte

Publicado há

em

Instituto Português do Mar e da Atmosfera emitiu um comunicado dando conta que os efeitos da depressão Filomena vão começar a ser sentidos a partir do dia 7, quinta-feira, quer na Madeira, quer no território continental

No seguimento dos critérios de emissão estabelecidos para a nomeação de tempestades da época 2020-2021, foi atribuído AEMET (Agência Estatal de Meteorologia de Espanha) o nome Filomena a uma depressão, que se prevê estar centrada a sul do arquipélago dos Açores em 35°N e 28°W no dia 6 de janeiro de 2021 às 06:00UTC e à qual está associada um sistema frontal de atividade moderada a forte que irá afetar o estado do tempo no arquipélago da Madeira e sul de Portugal Continental.

Arquipélago da Madeira:
Os efeitos desta depressão no Arquipélago da Madeira serão sentidos pelo aumento da intensidade do vento a partir da tarde de dia 7 de janeiro, prolongando-se até ao final da manhã de sexta-feira, dia 8, com rajadas até 75 km/h, sendo até 110 km/h nas terras altas e nos extremos leste e oeste da ilha da Madeira.

Associado a esta depressão, prevê-se um aumento da agitação marítima na costa norte e em Porto Santo, com ondas de noroeste e altura significativa de 4 a 5 metros, passando a ondas de nordeste com 5 a 6 metros no dia 8.

Prevê-se também ocorrência de períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes, e acompanhados de trovoada. No dia 8 há também a possibilidade de queda de neve nos pontos mais altos da ilha da Madeira até final da manhã.

Portugal Continental:

Os efeitos desta depressão no território continental serão essencialmente sentidos na região Sul entre a tarde de quarta (dia 7) e sexta-feira (dia 9), prevendo-se um aumento da intensidade do vento sendo por vezes forte (até 45 km/h) de nordeste, em especial na serra de Monchique e junto ao litoral, onde as rajadas poderão atingir 60/70 km/h.

Prevê-se também a ocorrência de precipitação na região Sul, estendendo-se às regiões Norte e Centro apenas no dia 9, com possibilidade de queda de neve acima de 700/900 metros.

Espera-se ainda um aumento da agitação marítima na costa sul do Algarve entre a tarde de dia 6 e a manhã de dia 7, com ondas de sueste até 2,5 metros.

Deixa aqui o teu comentário

Famosos

Familiares de Rogério Samora confessam: “A situação do Rogério não está fácil”

Apesar de manterem a esperança na recuperação de Rogério Samora, os familiares confessam que a situação não é fácil.

Publicado há

em

Rogério Samora sofreu uma paragem cardiorrespiratória a 20 de julho e, desde então, encontra-se nos cuidados intensivos cardíacos do Hospital Amadora Sintra a lutar pela vida. Os familiares não perdem a esperança apesar da situação clínica não ser a melhor.

65 dias se passaram desde que Rogério Samora sofreu uma paragem cardiorrespiratória enquanto gravava para a novela “Amor, Amor”, da SIC. O ator continua com o prognóstico muito reservado, mas estável.

Os familiares de Rogério Samora não perdem a esperança e quem vai atualizando o estado clínico do ator é o primo, Carlos Samora, através das redes sociais. Na última publicação, o familiar faz um desabafo sobre o 65º dia de internamento:

Dia 65. Mais um dia que vai chegar ao fim e as notícias são as mesmas, a situação do Rogério não está fácil, mas enquanto nos disserem que está com prognóstico reservado nós acreditamos com todas as nossas forças que Ele vai voltar, um dia de cada vez com Fé e Esperança”, pode ler-se na legenda da publicação.

Deixa aqui o teu comentário
Continuar a Ler

Famosos

60 dias a lutar pela vida! Familiares de Rogério Samora mantêm esperança na sua recuperação

O primo de Rogério Samora voltou a recorrer às redes sociais para desabafar sobre o estado clínico do ator.

Publicado há

em

Rogério Samora continua internado nos cuidados intensivos cardíacos do Hospital Amadora Sintra depois de ter sofrido uma paragem cardiorrespiratória enquanto gravava para a novela “Amor, Amor”, da SIC. Desde então, as notícias não são as melhores, mas os familiares não perdem a esperança na sua recuperação.

Já se passaram 60 dias desde que Rogério Samora deu entrada no Hospital Amadora Sintra após sofrer uma paragem cardiorrespiratória. Desde então, o ator continua a lutar pela vida nos cuidados intensivos cardíacos e, apesar de continuar com prognóstico muito reservado, a esperança na sua recuperação é mantida pelos familiares.

Quem tem recorrido às redes sociais para desabafar sobre o quadro clínico do ator é o primo, Carlos Samora. A publicação mais recente assinala os 60 dias de internamento com fotografias antigas do ator com Pelé e do seu patudo:

“Dia 60. Um dia de cada vez, porque as notícias que chegam do HFF não trazem nada de novo no que diz respeito ao estado de saúde do Rogério. Apesar de os dias passarem tão depressa, por aqui continuamos a acreditar na vontade Dele voltar até nós. O Rogério merece. Como diz o Sr. Barack Obama ” RESPEITA OS QUE MERECEM “, pode ler-se na legenda do post.

Deixa aqui o teu comentário
Continuar a Ler

Entretenimento

Pai de Margarida Corceiro é acusado de agressão

O pai da atriz da TVI está a ser acusado de agredir uma vizinha de 57 anos.

Publicado há

em

Paulo Russo Corceiro, pai de Margarida Corceiro, está a ser acusado de agressão por uma vizinha, Ana Maria Dionísio. O médico já negou todas as acusações de que está a ser alvo.

O Jornal de Notícia revelou este sábado, dia 18 de setembro, que o médico Paulo Russo Corceiro, terá alegadamente pontapeado nos rins uma vizinha que lhe foi bater à porta para falar com este.

Ana Maria Dionísio é a queixosa que revelou o motivo de ter ido falar com o médico: “Desde o inicio da pandemia que ele me ofende e ameaça de morte, por lhe pedir para fazer menos barulho em casa dele, e naquele dia subi ao primeiro andar para tentar resolver o conflito a bem”.

Foi neste momento que o pai de Margarida Corceiro alegadamente lhe terá agredido: “Ele encarou-me, ameaçou-me e, quando virei as costas para ir embora, desferiu-me um pontapé nos rins”, revela a mulher de 57 anos.

A mulher acabou por ser assistida pelo Hospital devido às dores fortes e continua em observação: “Ele é urologista, sabia muito bem onde me atingir, para me fazer sofrer, e fê-lo”.

Deixa aqui o teu comentário
Continuar a Ler
Publicidade
Publicidade

Tendências